SAAD e Comissão de Implantação de Medicina do campus de Araranguá se reúnem para discutir ações afirmativas

19/05/2017 19:00

A Profª Francis Tourinho e o Profº Marcelo Tragtenberg, se reuniram hoje, 19, com a Comissão de Implantação de Medicina de Ararángua/UFSC. A reunião foi feita para pensar as ações afirmativas para o novo curso de Medicina do campus de Araranguá.

Na comissão, estavam presente a Profª Francis Tourinho, Secretária da SAAD/UFSC, o Profº Marcelo Tragtenberg, Diretor Administrativo da SAAD/UFSC e os membros da comissão, Profª Mellissa Negro Dellackua, Profº Paulo Marcondes Carvalho Jr., Franciely Vanessa Costa e Tiago Bortolotto.

SAAD participa na FURB de Mesa Redonda sobre “Povos Indígenas e Políticas Afirmativas: desafios e possibilidades no Ensino Superior”

19/05/2017 17:25

Nesta quinta-feira, 18, a Profª Francis Tourinho e Secretária da SAAD/UFSC participou da Mesa Redonda Universidade Aberta sobre “Povos Indígenas e Políticas Afirmativas: desafios e possibilidades no Ensino Superior”, na FURB – Universidade de Blumenau. A mesa debateu os desafios e as possibilidades que existem para a construção inclusiva dos Povos Indígenas no que se refere a presença, participação e reconhecimento no Ensino Superior destes povos.

Antes da Mesa Redonda, a Profª Francis Tourinho também participou da Reunião com as lideranças Laklãnõ Xokleng, convidados, Reitor, Pro-Reitores e Professores. Durante o debate, a Profª Francis Tourinho falou sobre a Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades da UFSC e das questões indígenas dentro da UFSC.

No evento, estavam presentes ministrantes Prof. Dr. Leonel Piovesana, Prof. Dr. Clóvis Antonio Brighenti, Profª Drª Francis Solange Vieira Tourinho, Sandro Luckmann e a Liderança Indígena Laklãnõ Xokleng. A mediação da Mesa foi feita por Georgia Carneiro da Fontoura, Coordenadora do Núcleo de Estudos Indígenas da FURB.

 

 

Evento “Cura ou não cura?” promove debate sobre a patologização da homossexualidade e das identidades trans

16/05/2017 16:58

Nesta quarta-feira, 17, Dia Internacional Contra a Homofobia, a SAAD – Secretaria de Ações Afirmativas da Universidade Federal de Santa Catarina junto com a CDGEN – Coordenadoria de Diversidade Sexual e Enfrentamento da Violência de Gênero promove o evento “Cura ou não cura? Debates sobre a patologização da homossexualidade e das identidades trans” com o intuito de dar visibilidade, promover e ampliar os debates nas questões relacionadas as diversidades sexuais e gênero. O evento será uma mesa de debates sobre a patologização da homossexualidade e das identidades trans e contará com a presença de reconhecidas militantes do movimento LGBT, professores e membros do Conselho Regional de Psicologia.

Com o tema “Cura ou não cura? “, a mesa tratará abertamente sobre os processos históricos e sociais do Código Internacional de Doenças (CID) referente às homossexualidades e transsexualidades, trazendo uma perspectiva sobre o contexto brasileiro atual e os recentes ataques a resoluções consolidadas sobre o tema.

Os seguintes temas serão abordados:
– Guilhermina Cunha – CMDLGBT – a luta e os processos sociais que levaram a esta data.
– Lirous K’yo Fonseca – ADEH – a patologização da homossexualidade e das identidades trans: ameaças e consequências.
– Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhão Filho – História – os rituais de cura de homossexuais, travestis e transexuais.
– Daniel Kerry – CRP- Ameaças à Resolução CFP nº 01/1999 e as (im)permanências da patologização das homossexualidades: desafios para a psicologia brasileira.
O debate será moderado pelo psicólogo Ematuir Teles de Sousa, membro do CMLGBT e Presidente da Comissão de Direitos Humanos do CRP-12

O QUÊ: “Cura ou não cura? Debates sobre a patologização da homossexualidade e das identidades trans”

QUANDO: 17 de maio, às 19h

ONDE: Auditório do CFH/UFSC

O evento será transmitido ao vivo na página do facebook da Secretaria de Ações Afirmativas UFSC e também será disponibilizado  vídeo do evento posteriormente.

Convidamos todos a participar e contribuir nesta data importante para o reconhecimento internacional das identidades não normativas!

 

Vestibular EaD 2017: Formulários para validação de autodeclaração de renda e deficiência já estão disponíveis

05/05/2017 16:56

Os formulários referentes a autodeclaração de renda, deficiência e étnico-racial dos candidatos classificados no Vestibular EaD 2017 já estão disponíveis e podem ser consultados na Portaria nº 009/PROGRAD/SAAD/UFSCOs candidatos devem ficar atentos aos documentos exigidos e consultar o local, a data e o horário para a validação de autodeclaração de renda e deficiência no cronograma publicado na portaria.

Os formulários também estão disponíveis no site equidade.saad.ufsc.br.

Caso o candidato tenha dúvidas, é possível entrar em contato com a SAAD pelo telefone (48) 3721-6095 ou pelo e-mail saad@contato.ufsc.br

Evento “Resistência Indígena” marca o Dia dos Índigenas

18/04/2017 20:23

No Dia dos indígenas, 19 de abril, o evento “Resistência Indígena” promoverá oficina de pintura corporal, apresentação de documentário, rodas de conversa com as lideranças indígenas, além de cantos, danças e ritos tradicionais. O evento faz parte do “Abril Indígena” promovido por pelo Grupo de Estudantes Indígenas da UFSC e que contará com diversos eventos no mês de abril.

Data: 19/04/17

Horário: 13H45 às 17h30

Local: Hall e Auditório da Reitoria 1

 

Cronograma: Resistência Indígena – 19 de abril cartaz

13h45 – Abertura do evento.

Com danças, cantos ritos e rezo (Marcos Moreira).

14h20 – Apresentação e roda de conversa com as lideranças indígenas:

Joziléia Kaigang  – Doutoranda em Ciências Sociais e coordenação da Licenciatura Intercultural indígena.

Marcos Moreira – Líder Guarani

Ítalo Moconã – Graduando em Cinema

Laura Parintintin – Estudante Ciências Sociais

Jafe Sateré-Mawé – Estudante de Direito

15h – Documentário Resistir – Vários povos, uma só luta (direção deÍtalo Mogconãnn – Laklãnõ/Xokleng)

O documentário apresenta a perspectiva indígena dentro da academia, seguido de roda de conversa.

16h30 – Oficina de pintura e grafismo indígena.

Pintura corporal com jenipapo e urucum.

17h30 – Encerramento com cantos tradicionais indígenas

Fonte: Notícias da UFSC.

SAAD e coordenadores de cursos com alunos indígenas e quilombolas se reúnem

13/04/2017 18:34

A SAAD (Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades da UFSC) se reuniu nesta quarta-feira, 12, com os coordenadores de onze cursos da UFSC com alunos indígenas e quilombolas ingressos em 2017 para a apresentar e conversar sobre a secretaria e a CRER (Coordenadoria de Relações étnicos Raciais) e o canal de apoio que oferecem a estes estudantes.

Durante a reunião, a Profª e Secretária Francis Solange Vieira Tourinho, o Profº e Diretor Administrativo Marcelo Tragtenberg, a Administradora Fanny Vidigal e a assistente social Ana Paula Balthazar dos Santos conversaram com os coordenadores sobre o funcionamento das ações afirmativas, os problemas de inclusão dos alunos indígenas e quilombolas e sobre as possibilidades de construir um ambiente acolhedor e igualitário para os estudantes indígenas e quilombolas.

Neste ano, a UFSC conta com 18 cursos com estudantes indígenas ou quilombolas distribuídos entre os Campus de Florianópolis, Curitibanos e Blumenau. Estavam presentes na reunião os coordenadores dos cursos de Agronomia (CCA), Administração, Biologia, Direito, Educação do Campo (lic.), Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal (Campus Curitibanos), Letras – Português, Medicina e Odontologia.

Profª Francis comenta sobre problemas enfrentados na universidade.

Profª Francis comenta sobre a inclusão na universidade.

.

.

.

 

 

Missão Internacional: Chile

13/04/2017 17:53
Materiais da UFSC apresentados durante a abertura do curso.

Materiais da UFSC apresentados durante a abertura do curso.

Após aprovação da CAPES, o Programa de Pós Graduação em Enfermagem da UFSC em parceria com a UMAG (Universidad de Magallanes) promove o primeiro Mestrado Interinstitucional Internacional da UFSC (MINTER UFSC/UMAG). A abertura do curso aconteceu na semana de 05 à 09 de abril de 2017, em Punta Arenas, no Chile, e contou com a presença da Profª. Francis Solange Vieira Tourinho, professora do Departamento de Enfermagem e Secretária de Ações Afirmativas e Diversidades da UFSC.

Durante a abertura, a Profª deu as boas-vindas e explicou sobre a missão, os valores, a localização dos Centros de Ensino da UFSC no Estado de Santa Catarina, os aspectos relacionados ao ensino, pesquisa e extensão e o programa de ações afirmativas. O tema “UFSC, aqui tem Diversidades”, a inovação da gestão atual na criação da SAAD e as atividades que pertencem a secretaria também foram apresentados aos participantes.

As mestrandas e o mestrando que participam do programa são da UMAG, e iniciaram o curso com as aulas do primeiro módulo da disciplina “Concepções Teórico-Filosóficas no Processo de Cuidar em Enfermagem e Saúde”, ministrado pela professora.

Profª Francis Tourinho apresentando o tema "UFSC, aqui tem Divesidades"

Profª Francis Tourinho apresentando o tema “UFSC, aqui tem Divesidades”

 

 

Cronograma de Validação de renda para a Oitava Chamada – Vestibular / 2017 e Sexta Chamada – SISU / 2017

13/04/2017 16:30

Conforme o  Edital Nº13 /DAE/PROGRAD-UFSC/ 2017 , oitava chamada vestibular e sexta chamada SISU, segue o  cronograma para a  comprovação de renda dos candidatos optantes por: PAA – Escola Públia – Renda até 1,5 salarios mínimos, outros PAA – Escola Públia – Renda até 1,5 salarios mínimos, PPI (pretos, pardos e indígenas)

Cronograma para validação da AUTODECLARAÇÃO DE RENDA PARA TODOS OS

CURSOS 

Florianópolis:
Cursos Local, Data e Horário
Administração, Animação, Agronomia, Arquitetura e Urbanismo, Arquvologia, Bilbioteconomia, Ciencia e Tecnologia de Alimentos, Ciencias Biologicas,  Ciencias Contabeis, Ciencias da Computação, Ciencias Economicas, Ciencias Sociais, Design, Design (Hab design Produto), Direito, Educação Física, Enfermagem, Fonaudiologia, Farmácia. Data: 19 de Abril de 2017 Local: SAAD,  Piso Térreo da Reitoria Horários: 8:30 às 11h e das 13:30 às 16h
Engenharia Civil, Engenharia Alimentos, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção Elétrica, Engenharia de Produção Mecânica, Engenharia Materiais, Engenharia Elétrica, Engenharia. Eletrônica, Engenharia Mecânica, Engenharia Química, Engenharia Sanitária e ambiental, História, Jornalismo, Letras Língua Portuguesa e Literaturas, Matemática Lic., Medicina, Odontologia, Pedagogia, Psicologia, Química  Lic., Relações Internacionais, Serviço Social, Secretario Executivo , Sistemas de Informação, Zootecnia. Data: 20 de Abril de 2017Local: SAAD,  Piso Térreo da Reitoria Horários: 8:30 às 11h e das 13:30 às 16h

AVISO URGENTE: a PRAE informa

11/04/2017 20:06

Aos estudantes com vínculo no Programa de Bolsa Permanência MEC (quilombolas, indígenas e estudantes do curso de graduação em Medicina): é necessário efetuar o recadastramento no SISBP (http://sisbp.mec.gov.br), até o dia 17/04/2017 (próximo domingo), pois, de acordo com o MEC, o recadastramento é obrigatório para homologação da bolsa, a qual será efetuada no dia 18/04/2017.
Para mais informações, acesse o site da PRAE.

Dia Mundial da Conscientização do Autismo

02/04/2017 21:52

O Transtorno de Espectro Autista é uma síndrome comportamental que afeta o desenvolvimento da comunicação, do comportamento e da socialização. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que no mundo existam 70 milhões de autistas. No Brasil a estimativa é que existam aproximadamente 2 milhões de pessoas com autismo.

A complexidade para diagnosticar o autismo e a diferença de intensidade dos sintomas, fazem com que o autismo ainda seja cercado por mitos e desinformações. Por isso, a ONU (Organização das Nações Unidas), decretou o dia 2 de abril como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, sendo este um dia de reflexão, atenção e informação sobre o transtorno.

O quebra-cabeça e a cor azul foram atribuídos como símbolos do autismo, por sua complexidade e por, tradicionalmente, afetar mais meninos do que meninas.



Arte indígena nas paredes da SAAD

01/04/2017 17:03

A SAAD recebeu nesta sexta-feira, 31, a estudante indígena de ciências sociais Maria Lauri Fonseca, de etnia parintintin e o estudante indígena de direito Jafe Sateré, de etnia sateré-mawé para pintarem a parede da CRER (Coordenadoria de Relações Étnicos Raciais).

A estudante contou que a ideia surgiu durante uma conversa com a ex-coordenadora da CRER, Profª Joana Célia dos Passos. Ao observar um pano estampado com desenhos de etnia africana, sugeriu que as paredes da SAAD fossem pintadas com desenhos étnicos de estudantes da universidade. Com a autorização da secretária do SAAD, Profª Francis Solange Vieira Tourinho, a ideia foi colocada em prática.

saad1-01-01

Desenhos foram feitos pelos estudantes.

Validação da autodeclaração de renda acontece nos dias 28 e 29 de março

28/03/2017 21:36

Acontece nos dias 28 (terça-feira) e 29 (quarta-feira) a validação de autodeclaração de renda 2017 para os candidatos classificados nas modalidades de cotas “escola pública, renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita / PPI (autodeclarados pretos, pardos ou indígenas” convocados na 5ª chamada do SISU, 7ª chamada do vestibular UFSC e para as vagas remanescentes.

Os candidatos devem estar atentos aos documentos exigidos que serão apresentados para as comissões de validação de autodeclaração de renda, disponíveis no anexo I das portarias de matrículas do site http://vestibular2017.ufsc.br/ para os candidatos que foram convocados pelo vestibular UFSC 2017 e por vagas remanescentes, e no site http://sisu2017.ufsc.br/ para os candidatos convocados pelo SISU 2017, para que os procedimentos possam também serem agilizados. O horário de atendimento das comissões será das 8h às 11h e 14h às 16h, na SAAD (Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades), localizada no térreo da reitoria 1.

Para mais informações, entre em contato com a SAAD pelo e-mail acoes.afirmativas@contato.ufsc.br, pelos telefones 3721-6226/3721-6095 e reveja os documentos em http://saad.ufsc.br/2017/01/09/informacoes-para-validacao-da-autodeclaracao-de-renda-2017/ .

21 de março: Dia Internacional Contra a Discriminação Racial

21/03/2017 20:22

Dia Internacional Contra A Discriminação Racial

Em 21 de março de 1960, em Shaperville (província de Gauteng), na África do Sul, 20 mil negros protestavam contra a Lei do Passe que os obrigava a usarem uma caderneta de identificação especificando onde podiam circular. Durante o percurso, os manifestantes se depararam com uma tropa do exército que atirou contra o grupo resultando em 69 mortes e mais de 180 feridos, episódio que ficou conhecido como Massacre de Shaperville. Em memória ao Massacre de Shaperville, a ONU – Organização das Nações Unidas, instituiu o dia 21 de março como o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial.

Nos anos de luta contra a discriminação racial alguns direitos foram conquistados, sendo um deles a medida de políticas de ações afirmativas que visa uma reparação histórica contra a desigualdade e desvantagens sociais de um grupo étnico ou racial. A SAAD (Secretaria de Ações Afirmativas e Diversidades) está presente dentro da UFSC, atuando juntamente com os alunos que ingressam por meio da Política de Ações Afirmativas, além de promover a visibilidade e o reconhecimento do patrimônio cultural indígena, afro-brasileiro e africano e a conscientização contra o racismo, contribuindo para uma comunidade universitária mais inclusiva e igualitária.

É possível entrar em contato com a SAAD pelo email saad@contato.ufsc.br ou visitando o site www.saad.ufsc.br para outros meios de contato.

 

 

 

 

 

Manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual acontecerá na próxima sexta-feira

15/03/2017 16:53

Na próxima sexta-feira (17) às nove horas acontecerá uma manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual (SRV) em frente à Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE). Além disso, está marcada para a próxima segunda-feira (20) às 15 horas uma audiência pública na Assembleia Legislativa que definirá o destino do Serviço.

O SRV, da FCEE, implantado em 1991, atendia usuários do SUS com baixa visão e está inativo desde 2015. A Fundação foi credenciada em 2005 como centro de referência no estado em reabilitação visual, pois oferecia serviços com profissionais de várias áreas, como oftalmologistas, psicólogos, assistentes sociais e optometristas. A falta de profissionais oftalmologistas e de estrutura adequada para procedimentos médicos no espaço clínico-ambulatorial fez com que o termo de convênio com a Secretaria de Saúde não fosse renovado em 2014, e quem utilizava o serviço está desassistido desde então.

Há pessoas que não chegaram a ter a oportunidade de acessar o SRV, como é o caso do auxiliar administrativo William Steffan de Oliveira, de 32 anos, que começou a perder a visão há dois anos em decorrência de um tumor cerebral, depois que o Serviço já havia paralisado. Então, criou uma página no Facebook chamada “salvem o SRV”, destinada a divulgar um abaixo-assinado online que já alcançou mais de 1.800 assinaturas.

William de Oliveira diz que o programa é indispensável, pois “há quem dependeria do SRV para maior qualidade de vida, seja trabalhando o resíduo visual (aprendendo a lidar com o que sobrou da visão) até a reabilitação das pessoas totalmente cegas. Dependendo do caso, há quem não consiga se reabilitar sozinho, que não tenha acesso aos recursos ópticos ou que até perca o resíduo visual caso não seja trabalhado; sem contar a reintegração social, a independência e até reinserção no mercado de trabalho”.

Para ele, a audiência pública que acontecerá na próxima semana foi uma conquista. “Serve para deixar claro o direito que temos à saúde. Queremos garantir que se abra uma comissão que fiscalize os trabalhos e os mantenha”.

 

Evento: Manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual

Data/horário: Sexta-feira, 17 de março, às 9 horas

Local: Em frente à Fundação Catarinense de Educação Especial

 

Evento: Audiência pública para definir o destino do Serviço de Reabilitação Visual

Data/horário: Segunda-feira, 20 de março, às 15 horas

Local: Plenarinho da Assembleia Legislativa

 

Folder colorido de divulgação: Fundo preto. Na parte superior, em letras grandes, consta: “dia 17 de março, sexta-feira, às 9 horas, em frente à FCEE”, com palavras que alternam entre borda laranja e preenchimento branco e borda branca e preenchimento laranja. Na parte central da imagem, em letras menores, consta: “Fundação Catarinense de Educação Especial” em laranja. Logo abaixo, “Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, Nossa Senhora do Rosário, São José, Santa Catarina” em cinza. Na parte inferior, letras grandes exaltam a frase “Não deixe o SRV morrer”, com letras em laranja. Abaixo, em amarelo, consta: “manifestação pela continuidade do serviço de reabilitação visual. E, no dia 20/03, 2ª feira, às 15 horas, junte-se a nós, no plenarinho da Assembleia Legislativa, para a audiência pública que definirá o destino do SRV”.

Folder colorido de divulgação: Fundo preto. Na parte superior, em letras grandes, consta: “dia 17 de março, sexta-feira, às 9 horas, em frente à FCEE”, com palavras que alternam entre borda laranja e preenchimento branco e borda branca e preenchimento laranja. Na parte central da imagem, em letras menores, consta: “Fundação Catarinense de Educação Especial” em laranja. Logo abaixo, “Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, Nossa Senhora do Rosário, São José, Santa Catarina” em cinza. Na parte inferior, letras grandes exaltam a frase “Não deixe o SRV morrer”, com letras em laranja. Abaixo, em amarelo, consta: “manifestação pela continuidade do serviço de reabilitação visual. E, no dia 20/03, 2ª feira, às 15 horas, junte-se a nós, no plenarinho da Assembleia Legislativa, para a audiência pública que definirá o destino do SRV”.

 

 

Matéria: Amanda Antunes Bueno, estagiária de Jornalismo da Coordenadoria de Acessibilidade Educacional

  • Página 1 de 3
  • 1
  • 2
  • 3