Manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual acontecerá na próxima sexta-feira

15/03/2017 16:53

Na próxima sexta-feira (17) às nove horas acontecerá uma manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual (SRV) em frente à Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE). Além disso, está marcada para a próxima segunda-feira (20) às 15 horas uma audiência pública na Assembleia Legislativa que definirá o destino do Serviço.

O SRV, da FCEE, implantado em 1991, atendia usuários do SUS com baixa visão e está inativo desde 2015. A Fundação foi credenciada em 2005 como centro de referência no estado em reabilitação visual, pois oferecia serviços com profissionais de várias áreas, como oftalmologistas, psicólogos, assistentes sociais e optometristas. A falta de profissionais oftalmologistas e de estrutura adequada para procedimentos médicos no espaço clínico-ambulatorial fez com que o termo de convênio com a Secretaria de Saúde não fosse renovado em 2014, e quem utilizava o serviço está desassistido desde então.

Há pessoas que não chegaram a ter a oportunidade de acessar o SRV, como é o caso do auxiliar administrativo William Steffan de Oliveira, de 32 anos, que começou a perder a visão há dois anos em decorrência de um tumor cerebral, depois que o Serviço já havia paralisado. Então, criou uma página no Facebook chamada “salvem o SRV”, destinada a divulgar um abaixo-assinado online que já alcançou mais de 1.800 assinaturas.

William de Oliveira diz que o programa é indispensável, pois “há quem dependeria do SRV para maior qualidade de vida, seja trabalhando o resíduo visual (aprendendo a lidar com o que sobrou da visão) até a reabilitação das pessoas totalmente cegas. Dependendo do caso, há quem não consiga se reabilitar sozinho, que não tenha acesso aos recursos ópticos ou que até perca o resíduo visual caso não seja trabalhado; sem contar a reintegração social, a independência e até reinserção no mercado de trabalho”.

Para ele, a audiência pública que acontecerá na próxima semana foi uma conquista. “Serve para deixar claro o direito que temos à saúde. Queremos garantir que se abra uma comissão que fiscalize os trabalhos e os mantenha”.

 

Evento: Manifestação pela continuidade do Serviço de Reabilitação Visual

Data/horário: Sexta-feira, 17 de março, às 9 horas

Local: Em frente à Fundação Catarinense de Educação Especial

 

Evento: Audiência pública para definir o destino do Serviço de Reabilitação Visual

Data/horário: Segunda-feira, 20 de março, às 15 horas

Local: Plenarinho da Assembleia Legislativa

 

Folder colorido de divulgação: Fundo preto. Na parte superior, em letras grandes, consta: “dia 17 de março, sexta-feira, às 9 horas, em frente à FCEE”, com palavras que alternam entre borda laranja e preenchimento branco e borda branca e preenchimento laranja. Na parte central da imagem, em letras menores, consta: “Fundação Catarinense de Educação Especial” em laranja. Logo abaixo, “Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, Nossa Senhora do Rosário, São José, Santa Catarina” em cinza. Na parte inferior, letras grandes exaltam a frase “Não deixe o SRV morrer”, com letras em laranja. Abaixo, em amarelo, consta: “manifestação pela continuidade do serviço de reabilitação visual. E, no dia 20/03, 2ª feira, às 15 horas, junte-se a nós, no plenarinho da Assembleia Legislativa, para a audiência pública que definirá o destino do SRV”.

Folder colorido de divulgação: Fundo preto. Na parte superior, em letras grandes, consta: “dia 17 de março, sexta-feira, às 9 horas, em frente à FCEE”, com palavras que alternam entre borda laranja e preenchimento branco e borda branca e preenchimento laranja. Na parte central da imagem, em letras menores, consta: “Fundação Catarinense de Educação Especial” em laranja. Logo abaixo, “Rua Paulino Pedro Hermes, 2785, Nossa Senhora do Rosário, São José, Santa Catarina” em cinza. Na parte inferior, letras grandes exaltam a frase “Não deixe o SRV morrer”, com letras em laranja. Abaixo, em amarelo, consta: “manifestação pela continuidade do serviço de reabilitação visual. E, no dia 20/03, 2ª feira, às 15 horas, junte-se a nós, no plenarinho da Assembleia Legislativa, para a audiência pública que definirá o destino do SRV”.

 

 

Matéria: Amanda Antunes Bueno, estagiária de Jornalismo da Coordenadoria de Acessibilidade Educacional